Menu

1 de jul de 2011

Confesso.



Vou fazer uma confissão: Tenho encontros diários com o meu passado. Meio que escondido eu esbarro com ele. Não assumo que preciso - Não nego também - Reconheço; a vida é um circulo de desdém e eu ao mesmo tempo que sou a vitima sou a culpada. Me defino; complicada. Cobiçando assim o impossível e essa agora é vontade de refazer o tempo. É difícil admitir que não precisa ser necessariamente reciproco para que eu sinta, mas precisar ser reciproco para que eu dê valor. Brinquei, aprendi a ficar séria; não necessariamente nessa ordem. Confesso também que segurança demais me deixa insegura e prefiro o que me faz balançar do que me faz permanecer estável. E olhar para trás me dá uma sensação de tontura como se eu estivesse olho para baixo a metros e metros em uma altura imaginável. Eu procuro esperar pelo que não sei do que manter a velha ideia de que as coisas são como tem que ser. Mania engraçada aquela de esperar quem eu quero sorrir para poder sorrir também, ou então fazer careta ou falar besteira para forçar um sorriso que não sairia espontâneo por nada. Esperar uma brecha... querer sorrir junto. Todas as passagens rotineiras do meu dia-a-dia se refazem na minha memória me trazendo apenas uma única lembrança: Hoje eu tenho um encontro com o meu passado. E me pergunto cada vez mais o que ele faz tão próximo de mim. Engraçado foi que hoje mesmo ele passou do meu lado, enquanto eu esperava por outra coisa, olhando fixamente para frente. Me perguntou o que eu fazia alí, talvez tenha se irritado, mas não mostrou reação alguma ao saber que eu esperava pelo presente. Confesso, ando depressa mesmo. Mas quando não tem ninguém olhando, eu arrisco olhar para trás mesmo que o passado não tenha citado o meu nome, mesmo eu não ouvindo nada. Confesso que encontro com meu passado e há anos eu juro que vai ser o ultimo encontro.

6 comentários:

  1. Perfeito,seus textos sao lindos xD

    ResponderExcluir
  2. que texto maravilhoso (como todos os outros)

    ResponderExcluir
  3. Nunca haverá um último encontro com o passado, ele sempre está por perto, sempre.

    kiss

    ResponderExcluir
  4. Confesso que encontro com meu passado e há anos eu juro que vai ser o ultimo encontro. É exatamente assim que me encontro.

    ResponderExcluir
  5. eu me encontro com meu passado tem tudo a ver comigo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...