Menu

2 de set de 2011

Ponto pro destino.


Ao meu velho e bom amigo, Destino.
Olha, destino. Sei que em relação a mim, andou distraído. Esquecida; me colocou na lista de espera. Te culpei, porque sozinha eu não soube fazer meus planos pularem dos pensamentos em queda livre para a vida. Milésimos de segundos em vão, aparentemente sem razão parar tornar a saída de casa especial, resmungando por não encontrar alguém a cada esquina que virava. Te julgando fraco e surdo a ponto de não me ouvir. Eis que me surpreendeu de maneira rasteira. Nós não temos nada em comum além da primeira letra do nome e mesmo assim você não nos poupou de tal encontro que não ousou ser casual, nada muito formal. Mas bonito e verídico. Foi você, destino. Que como quem não quer nada colocou as falas certas naquela boca -da qual me apaixonei violentamente- para que alcançasse os meus ouvidos, arrumando maneira clandestina de invadir meu coração. Me surpreendeu, destino. Ponto! Ganhou minha confiança. Embora tenha sido o padrinho desse amor, aviso logo que ao enfrentar crises, decidir por um acaso me separar dele, é simples: Um cadarço, juntando dois e pronto, estamos juntos outra vez. Além de roteirista, você também é diretor, Destino. Escreveu, criou as cenas dessa história que hoje, chega no ápice do amor. Ele não acredita em você, Destino.. embora eu venha tentando arrumar maneira de fazer ele enxergar que você foi o grande causador dos milhares de sorrisos que damos um para o outro, de graça. Aqui, bem aqui. No meio desse ano agitado que me trouxe até aqui com o intuito de entender que, pra quê entender agora? Se tudo tão bem se explica lá na frente. Que o destino faz das nossas vidas um conto onde a aventura é um romance. Aos que julgam ser coincidência, questiono. Seria o destino inexistente e a coincidência tão pontual a ponto de te entregar assim pra mim, na hora exata? Sem erros ou defeitos de fábrica? Eu não sei mais nada além do que veio escrito no manual: Existem coisas que se encaixam em todas as formas, na realidade é em mim que ele cabe. Destino, amigo. Recomendo o seu grande feito e trabalho a todos que eu encontrar por aí. A todos os desamparados e desiludidos que desacreditados do amor deixam se amargar-se por tristezas, eu recomendo o destino que além de forte é implacável. Deus quis, o destino formou e é essa a minha divulgação. Pro destino se preparar... amor pra juntar é o que não vai faltar.

4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...