Menu

16 de nov de 2012

Mãe, posso dormir com ele?


Você me assusta. Como assim você é a favor da legalização da maconha? Não entendi. Você não usa. Ou usa? Se usa eu ainda não percebi. Não é que meu pai não tenha gostado de você, ele só não entendeu o motivo de você querer fazer publicidade. Mas não tem problema, você pode passar a noite aqui. Só não me pergunte de novo o motivo de eu dormir de meias. Eu sinto frio nos pés, eu sinto frio em tudo. Gentileza sua, não quero a sua blusa, tenho a minha. Não. Eu não fui ignorante e nem quero me mostrar independente, só disse que tenho a minha blusa. Foi só isso. Ah, você terá que dormir na sala... É, meu pai é meio careta mas o sofá é uma delicia. Ahn? Não vou te visitar em meio a madrugada, meus pais podem pensar besteira e aliás, visitar pra quê? Nós ainda nem fizemos nada e nem vamos fazer. Como assim você tem medo de escuro? Eu preciso apagar a luz porque ela chega até meu quarto e eu não consigo dormir. Eu não vou deixar acesa. Tudo bem, posso deixar acesa a luz da cozinha mas se minha mãe perguntar se vire para contar o motivo. Por que você esta perguntando o meu signo? Eu não acredito em signos... Mas, o que isso tem a ver com a luz? Sou de leão, mas não acredito em signos. Nossa, eu não vou fazer "Rawr" nenhum, para com graça. Boa noite, tenho mesmo que dormir. Fala baixo, quer acordar os meus pais? Tá bom. Um, dois, três: Rawr. Chega, agora posso ir? Para de rir por favor. Estou me sentindo uma idiota. Você promete não contar pra ninguém que imitei um leão? Não promete?! Ah não. Por que você quer saber se estou apaixonada por você? Eu pareço estar? O que é que tem meus olhos? Engano seu, eles brilham sempre. É sério... Mãos suando? Como assim? Ué, e isso quer dizer que eu quero namorar com você? Mas suando, como, se eu estou sentindo frio? Você tá doido. Só foram dois beijinhos e alguns anos de amizade e você já acha que... Olha, você me assusta... Você já vai dormir? Não é que, sei lá, achei que você quisesse continuar falando comigo. Mas tudo bem, eu também já estava indo dormir. Boa noite tá.... Já dormiu? Ei. Como assim? Há dez segundos você estava suplicando para eu ficar acordada.
Aí, que susto. Achei que tivesse me deixado falando sozinha. Não, eu não ficaria com saudades, mas é que é chato dormir na casa dos outros sem dar boa noite, né? Então, já que você não dormiu ainda, e nem eu, eu posso sentar no pé do seu colchão um pouco? Claro que eu posso, o colchão é meu, e você esta na minha casa. Para de me olhar desse jeito, já falei que não gosto. Porque me come com os olhos, e eu me sinto pelada. E sem graça. Mas... Tá vai, eu até gosto. Eu não sou a menina mais linda do mundo porque você nem conhece todas as meninas do mundo. Olha, eu vou deitar só um pouco com você porque essa posição me dá dor nas costas. Que pergunta é essa? Como assim "O que você conhece sobre posições?" engraçadinho...
Posso te falar uma coisa? Seu cafuné é tão gostoso... Se eu dormir, você me acorda? Me põe na minha cama? E se me der a louca, você fica por lá? Mas, só se me der a louca.
Só que, responde a minha pergunta:
Como assim, legalização da maconha?

2 comentários:

  1. Mais uma vez fazendo textos adoráveis de coisas simples mais com grandes significados.
    Parabéns Clara

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...